Os riscos e benefícios do metaverso na educação

O Metaverso tem sido um dos assuntos mais comentados dos últimos tempos. Desde novembro de 2021, quando o fundador da rede social Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou a novidade, a sociedade tem realizado diversas indagações sobre essa nova fase da internet. Mas, o que é o Metaverso?


De forma simples, o Metaverso é uma evolução do que conhecemos como internet em que o usuário pode ter a experiência de vivenciar uma interação e imersão nesse ambiente virtual. Ou seja, assim como nesse mundo tátil, o Metaverso também é possível realizar ações costumeiras como fazer compras, encontrar pessoas, visitar museus e até mesmo ir a shows.


E como isso acontece? Para viver essa experiência de interação e imersão equipamentos como óculos com realidade aumentada e luvas sensoriais será possível “viver” nesse mundo virtual com a criação de um avatar holográfico.


Sendo assim, também podemos visualizar que há uma possibilidade de aplicação do Metaverso na educação. É aqui que se inicia o sentido deste artigo, no qual buscamos entender como o Metaverso pode impactar nesse processo, e apresentar quais são os riscos e perigos acerca da segurança digital.


No lançamento promocional da Meta, atual nome da empresa que anteriormente se chamava Facebook, o vídeo de lançamento traz uma exemplificação com uma aluna que está fazendo seu dever de astrofísica usando as mãos para manipular uma imagem interativa do sistema solar, de modo que possa entendê-lo com maior profundidade.


Em outro momento, um estudante surge andando pela Roma Antiga, graças a dispositivos imersivos como óculos e fones de ouvido de realidade virtual, podendo observar as construções, as pessoas e vivenciando a experiência da época. Mas, as novidades do seu uso não param por aí.


Sendo assim, na educação, o projeto objetivo desenvolver, aperfeiçoar e popularizar as ferramentas de ensino híbrido, de forma a criar um modelo de ensino e aprendizagem mais sofisticado e atrativo. Dessa forma, o ensino híbrido como conhecemos atualmente, sobretudo em razão da pandemia da Covid-19, seria apenas um “ensaio” para a aplicação de uma hibridização mais radical, por assim dizer.


As aulas não seriam híbridas no sentido de uso das telas para assistir, mas com esse mundo virtual será possível, por exemplo, que os professores deem uma aula de História do Brasil no cenário da chegada dos portugueses ou mesmo numa aldeia indígena.


Contudo, no cenário brasileiro, por exemplo, as realidades territoriais são muito distintas. Segundo uma pesquisa do Instituto Locomotiva, 71% da população com mais de 16 anos não consegue acessar a internet todos os dias da semana. Esse grupo é formado por pessoas negras, em sua maioria, são menos escolarizadas e estão nas classes, C, D e E.


Dentre os benefícios, visualizamos que o Metaverso pode elevar a educação à distância a novos caminhos, muito além do que observamos hoje. Contudo, os riscos e perigos também são grandes. Por estarmos nesse ambiente híbrido e utilizarmos nosso equipamento pessoal para navegarmos nesse universo online, uma das principais preocupações é com a segurança digital. Como evitar que cibercrimosos não utilizem os dados ou mesmo invadam os equipamentos e consigam acessar os dados pessoais?


Com o investimento em conhecimento sobre segurança digital. Este é um assunto que está cada vez mais em alta, devido ao aumento do trabalho e educação digital, bem como da sofisticação de equipamentos que permitem que os criminosos consigam invadir sistemas e acessar os dados.


Na identificação dessa nova realidade é que empresas brasileiras, a exemplo da N1 IT Stefanini, que desenvolve soluções tecnológicas em serviços de nuvem, desenvolveu o N1 SAT. O SAT (Security Awareness Training) é um programa de conscientização que ensina a importância e a necessidade de conhecer a LGPD e as novas regras de proteção e segurança da informação em ambientes organizacionais.


O treinamento integra as ações realizadas pelo PCP (Partner Coaching Program), um programa de conscientização reconhecido no Brasil e na América Latina. Afinal, transformar e conscientizar as empresas e pessoas sobre a importância da segurança digital é uma das missões da N1 IT Stefanini.


Com aulas teóricas e práticas e 100% online, o N1 SAT prepara as pessoas para lidarem com essas mudanças da vida social e tecnológica. São conteúdos que ajudam na preparação para o reconhecimento de ações maldosas no ambiente virtual, que têm o objetivo de roubar dados e tornar o seu sistema mais frágil.


Por isso, cada vez mais, é fundamental a busca pelo conhecimento acerca desse novo mundo que nos cerca. O Metaverso, como apresentado, traz muitas novidades benéficas para a sociedade. Contudo, é preciso atenção e preparação para lidar com os seus riscos e perigos.

29 visualizações0 comentário